quinta-feira, 25 de agosto de 2016

O Legado das Arenas das Olimpíadas do Rio 2016

Depois das Olimpíadas do Rio 2016, dificilmente alguém no mundo vai olhar para as competições esportivas da mesma forma.

Legado das Arenas das Olimpíadas do Rio 2016. Montagem: Orkutorcida.
Levando em consideração o momento que o Brasil vive, nem mesmo o mais otimista dos torcedores imaginava o tamanho sucesso das Olimpíadas no Rio. Organização, segurança e espetáculos dentro e fora das arenas chamaram a atenção inclusive da imprensa internacional. Claro que houve problemas, mas dizer que eles foram exclusividade do evento no nosso país é ignorar todas as edições anteriores. Nenhuma é perfeita.

Em se tratando de torcida, esta teve um papel crucial nessas Olimpíadas. A cultura nacional esteve nitidamente estampada nas multidões que compareceram aos esportes e foram até mesmo polêmicas em alguns sentidos. Teve goleira americana perseguida com o cântico de “Zika!”, o qual provavelmente será eternizado; teve francês vaiado durante seu salto com vara; houve time japonês sendo associado a pokémons; entre outras situações. No entanto, independente do esporte, os torcedores brasileiros mostraram um apoio aos nossos atletas que foi de arrepiar qualquer um que acompanhou. Foi bonito de ver também quando o atleta correspondia no “campo de batalha”, não necessariamente vencendo o confronto, mas mostrando toda a sua Garra, se superando e chamando a torcida sempre que possível.

Com todos esses espetáculos assistidos durante Rio 2016, um legado foi deixado para as próximas competições do Brasil. Dificilmente alguém olhará para as arquibancadas da mesma forma agora. A torcida brasileira mostrou que, apesar de todas as dificuldades do país e sem incentivo o suficiente ao esporte, tem consciência de todo o esforço dos atletas e o quanto são guerreiros, representando bem a característica da sua própria nação.

Luzes dos celulares no Maracanãzinho.
Também, enquanto torcedores fanáticos do Montes Claros Vôlei, não pudemos deixar de observar nas Olimpíadas algumas manifestações de apoio que podem ser utilizadas nos próximos jogos do nosso time, com as devidas adaptações, é claro. Em destaque ficou a quantidade de lanternas de celulares em uníssono no vôlei de quadra, especialmente na final entre Brasil e Itália. Apesar dessa manifestação não ser novidade no meio esportivo, ela adquiriu um novo significado após o título da seleção brasileira. Ao cântico de “Vôlei... Brasil!”, as luzes se alternaram entre apagadas (celulares para baixo) e acesas (celulares para cima), deixando o ginásio memorável. Quem sabe possamos aplicar esse apoio nesta temporada do Pequi Atômico, sem dúvida aquele CALDEIRÃO entraria para a história.

O fato é que ficou comprovado que, no esporte, a torcida é a forma mais forte de se representar a cultura de uma cidade, um estado ou um país. Sem as manifestações nas arenas, as Olimpíadas definitivamente não teriam sido a mesma coisa e os atletas não teriam se motivado da mesma forma. Claro que, assim como serve de grande incentivo, uma torcida é capaz de causar forte pressão nos atletas, sejam naqueles do Brasil ou de outros países. É preciso saber "utilizar" esse componente ao seu favor a fim de se tornar invencível. Que isso sirva de lição para essa nova temporada do Montes Claros Vôlei.

Garra Brasil, campeão das Olimpiadas Rio 2016.
Foto: André Durão/Globoesporte.com.
Os torcedores buscam no atleta um olhar de incentivo, uma identidade, uma conexão. Muitos comparecem aos ginásios com a expectativa de ver garra, superação, espírito de equipe, foco e se sentir alegres, levando aqueles exemplos para a sua realidade. Isso não necessariamente vem com uma vitória no confronto, mas através de uma chamada na torcida, uma prova de que tudo que podia ser feito foi feito; o chamado "sangue nos olhos". Vencer é relativo.

Inspirados nas Olimpíadas do Rio, que atletas e torcedores possam proporcionar grandes espetáculos dentro de quadra para a temporada 2016-2017 do Montes Claros Vôlei. Que seja memorável. Estamos juntos! #GOMOC.

terça-feira, 2 de agosto de 2016

É Hora de Apresentar o Time à Torcida Montes-Clarense

Depois do elenco se apresentar à direção, depois do novo escritório ser mostrado ao público e depois da equipe montes-clarense se apresentar aos jornalistas, é a vez da apresentação aos principais interessados na temporada: os torcedores.

Apresentação do Montes Claros Vôlei à torcida montes-clarense. Montagem: Orkutorcida.
Um dos destaques já neste início de nova trajetória acontece no próximo dia 6 de agosto, às 18h00, na praça de eventos do Montes Claros Shopping Center. Poucas equipes no Brasil, ou nenhuma, irá proporcionar uma introdução dessa qualidade.

Inovando mais uma vez, o Montes Claros Vôlei será apresentado ao público geral com alguns avanços, que merecem ser ressaltados. Além de a torcida conhecer os integrantes do grupo para 2016-2017, será presenteada com a participação de Gleison Túlio, que esteve no último Superstar da Rede Globo, com a sua banda "Powertrip"; e o show da dupla sertaneja Sérgio e Rodrigo. Também, haverá sorteios de brindes no evento e os novos uniformes serão mostrados aos presentes. A entrada é gratuita.

Sem dúvida isso chama a atenção dos acompanhantes do esporte e prova o quanto o projeto cresce de ano em ano. Começar dessa forma, com esse verdadeiro presente aos fanáticos torcedores, traz uma motivação a mais para fazer desta a melhor temporada de todas, tanto da parte da torcida quanto do novo elenco que compõe o Montes Claros Vôlei de 2016-2017. Vamos juntos! #GOMOC.

segunda-feira, 4 de julho de 2016

Que Comece a Temporada 2016-2017

Com a promessa de desta vez chegar entre as quatro melhores equipes do país, o Montes Claros Vôlei começa os trabalhos nesta segunda-feira (04/07) para a temporada 2016-2017. Apresentação para a torcida ainda não tem data certa. 

Começou a temporada 2016-2017 do Montes Claros Vôlei. Montagem: Orkutorcida.
É época de Olimpíadas e o esporte, especialmente o vôlei, está em evidência. Muitos questionam como que em tempos de crise financeira o esporte pode estar recebendo bons recursos financeiros. A questão é os benefícios que ele pode trazer para uma população vai além do que se pode ver nas quadras. 

A verdade é que as pessoas precisam ter algo em que acreditar, no que se espelhar. Comumente atletas são vistos como exemplo de Determinação, Dedicação, Compromisso, Honra, Ética, Saúde, Superação e muita Garra. Estes exemplos influenciam os cidadãos diretamente. Se você tem uma nação empreendedora, as consequências positivas vão além do se pode enxergar. Ao ver de perto vários desses jogadores representando a sua cidade, a motivação só aumenta para você também correr atrás dos seus sonhos, crescer. A região se movimenta, inova-se e evolui. 

O vôlei em Montes Claros definitivamente não tem só a função de entretenimento também, mas engloba todo um aspecto social. Com os jogos existe principalmente a arrecadação de várias toneladas de alimentos, brinquedos para crianças carentes e apoios a campanhas sociais. Pessoas são salvas graças ao vôlei. 

Portanto, os atletas devem abraçar essa “pressão” e darem o seu máximo para tornar esta temporada do Montes Claros a melhor de todas. A maior torcida está aqui e a cobrança naturalmente acontecerá, mas somente unidos a equipe se tornará imbatível. Pense em toda uma cidade a cada ponto realizado e 2016-2017 se tornará memorável, time. Vamos juntos! #GOMOC.

terça-feira, 31 de maio de 2016

Motivos para Investir no Montes Claros Vôlei

A boa organização do projeto de vôlei de Montes Claros possibilitou que imagens negativas de outras épocas fossem apagadas e que a equipe se consolidasse no cenário nacional, ganhando cada vez mais destaque.

Montes Claros mostra consolidação no cenário nacional do voleibol. Montagem: Orkutorcida.
Motivos para elogiar o Montes Claros Vôlei não faltam. Desde o início dessa nova era do projeto na cidade, iniciado no segundo semestre de 2014, o avanço tem sido grande. Se antes muitos atletas não mostravam desejo de vir para cá, hoje o cenário é completamente favorável e a torcida montes-clarense reconhece isso e mostra o seu apoio seja através dos jogos ou através das redes sociais.

É claro que já não vemos mais a cidade norte-mineira sem o seu projeto de voleibol. Além de ser uma excelente opção de entretenimento, o projeto incentiva naturalmente a prática esportiva e desempenha bem o seu papel social através das visitas às escolas da cidade e aos lares de pessoas carentes, pois atletas são vistos como inspiração para a população como um todo. Como não apoiar?

O mito de que os empresários da região não abraçam o esporte já foi quebrado. Montes Claros tem atraído olhares de grandes empresas, que apoiam o clube da forma como podem. Antes o projeto era visto como apenas de cunho político. Hoje essa imagem se foi. É claro, a verba da prefeitura, de 750.000, que passará por aprovação nas próximas semanas, é extremamente importante para a manutenção do projeto e os vereadores devem enxergar os benefícios que o esporte traz para a cidade na hora de dar o seu sim, até porque não há motivo para rejeitar algo tão grandioso quanto o Montes Claros Vôlei, que apresenta diversos destaques nacionais. Na figura abaixo é possível conferir alguns deles:

Os destaques do Montes Claros Vôlei no cenário nacional. Montagem: Orkutorcida.
Diante desses fatos e do que foi vivenciado nos últimos anos no vôlei norte-mineiro, o Montes Claros se consolidou e efetivamente se tornou uma excelente opção de investimento. O retorno é sentido durante toda a temporada. O alcance do time tem sido imenso e só tende a crescer em 2016-2017, é o que esperamos. E falta pouco mais de um mês para recebermos os nossos atletas na nossa cidade! #GOMOC.

quarta-feira, 25 de maio de 2016

Cinco Conclusões Após os Amistosos do Brasil em Montes Claros

Sem dúvida foi marcante a presença da nossa seleção brasileira na cidade, por vários motivos, e não podíamos deixar de ressaltar algumas observações ao acompanhar as duas partidas no nosso CALDEIRÃO. Confira a seguir as nossas principais conclusões.

Conclusões após o Desafio de Vôlei em Montes Claros em maio de 2016. Montagem: Orkutorcida.
Momentos do Brasil
em Montes Claros.
Conclusão 1 - A cidade provou que abraçou o vôlei
Mesmo com ingressos caros para a região (R$60 inteira) e horários não tão favoráveis aos torcedores, estes compareceram em peso nos dois jogos no CALDEIRÃO. No sábado (21/05), na partida de 21h30 e concorrendo ao evento de rodeio da cidade, o público pagante foi de 3.500 pessoas, mas o ginásio deve ter recebido mais de 5.000; na segunda-feira (23/05), os pagantes foram cerca de 2.300, mas estima-se que 4.000 tenham comparecido.

Conclusão 2 - Ações de marketing deixam o ginásio muito mais bonito e atrai torcedores
Brindes, apresentações de dança, mascote e um bom animador provaram que uma partida de vôlei é muito mais que apenas um jogo, ela deve ser uma forma de entretenimento para as famílias montes-clarenses. Teve até a finada ola em câmera lenta. A torcida se anima com muito mais facilidade e todos saem do ginásio com um brilho no rosto, sem dúvida elogiando o espetáculo visto no Tancredo Neves, independente do resultado. Isso aguça a vontade de torcer.

Conclusão 3 - Torcer pelo Montes Claros Vôlei é mais emocionante
Principalmente para quem é torcedor fanático, com certeza depois de seis temporadas em sete anos desde que a seleção veio à cidade norte-mineira e que estamos torcendo pelo MOC Vôlei, percebeu o quanto foi estranho torcer pela seleção brasileira. Nos acostumamos tanto a "pegar no pé" dos atletas destaques das competições nacionais que quase deixamos de apoiar jogadores como Serginho, William, Wallace, entre outros (risos).

Conclusão 4 - O projeto do Montes Claros Vôlei está muito bem conduzido
Quando houve os amistosos na reinauguração do ginásio Tancredo Neves, em 2009 contra os Estados Unidos, ninguém imaginava que veríamos o Brasil tão cedo novamente aqui, mas isso aconteceu. Nesse sentido, é importante parabenizar a gestão do projeto de vôlei, que tem mostrado boa condução e possibilitou que a população presenciasse os dois amistosos contra a Eslovênia (vice-campeã europeia), com direito à transmissão do Sportv.

Conclusão 5 - O CALDEIRÃO é de fato a nossa segunda casa
Quando a temporada do Montes Claros acaba, ficamos órfãos de certa forma e passamos a sentir falta do ginásio e da rotina de torcer, o que ficou muito evidente nesses dois jogos do Brasil. Ao pisar naquele CALDEIRÃO percebemos o quanto gostamos desse clima de jogos de vôlei e de apoiar o nosso time. O poliesportivo se tornou um lar. Agora é aguardar ansiosamente pelos jogos do Pequi Atômico.

É como se o Montes Claros Vôlei, que irá entrar na sua sétima temporada, tivesse começado com o pé direito. A presença da seleção aqui trouxe ainda mais expectativas para o que está por vir. A equipe vai ser apresentada no dia 4 de julho, data em que 2016-2017 também começa. A ansiedade já está grande! #GOMOC.